www.ce.senac.br: PRODETUR
Turismo do Ceará ganha programa de qualificação profissional e empresarial

Programa é considerado um dos pilares da preparação do Ceará para a Copa do Mundo de 2014

No último dia 4 de março, foi lançado no Ceará um amplo programa de qualificação profissional e empresarial para a cadeia produtiva do turismo do Estado. Com recursos do Prodetur II, Governo Estadual, Senac-CE e Sebrae-CE  o programa foi lançado pelo ministro do Turismo, Luiz Barretto, e pelo governador Cid Gomes. O evento de lançamento aconteceu no Palácio Iracema.

O programa tem como objetivo a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos aos turistas e contará com 288 cursos voltados para os profissionais do turismo, empregados ou não, e com 162 cursos destinados aos empreendedores do setor, totalizando 450 cursos. A qualificação profissional será executada pelo Senac/CE e irá beneficiar 7.200 trabalhadores.  Já a qualificação empresarial será realizada pelo Sebrae/CE, beneficiando 2.400 empreendedores de empresas de micro e pequeno portes. A previsão é de que os cursos tenham início ainda no primeiro semestre de 2010.

Ao todo, serão investidos em torno de R$ 7,8 milhões, sendo cerca de R$ 6 milhões para a qualificação profissional e R$ 1,8 para a qualificação empresarial. Serão beneficiados os municípios de Fortaleza, Aquiraz, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Paraipaba, Trairi, Itapipoca, Camocim, Amontada, Itarema, Cruz, Viçosa do Ceará e Jijoca de Jericoacoara.

Da qualificação profissional poderão participar trabalhadores que já atuam, formal ou informalmente, no setor do turismo e estão empregados ou não. Os cursos serão voltados para profissionais dos meios de hospedagem, de restaurantes, bares e similares e de agências de viagens. O treinamento abrange 15 áreas de formação: barman, mensageiro, maître, garçom, cozinheiro, confeiteiro, camareira, gerente de governança, capitão porteiro, recepcionista, reparador polivalente, agente de viagens, guia de turismo, motorista de veículo de turismo e gerente de meios de hospedagem. Os cursos estão de acordo com as diretrizes e recomendações técnicas do regulamento operacional do Prodetur II.

Os programas de qualificação profissional e empresarial fazem parte do Plano Nacional do Turismo do governo federal, que define como vetor do desenvolvimento sustentável do turismo a elevação dos níveis de profissionalização, contribuindo para melhorar a qualidade no atendimento e o nível de satisfação dos turistas.

SENAC-CE
Dados Gerais
• 14 municípios;
• 17 tipos de cursos;
• 288 turmas;
• 48.720 horas de aula;
• 7.200 trabalhadores da cadeia produtiva do turismo;
• 140 empregos geradas
Abrangência
• Fortaleza, São Gonçalo do Amarante, Trairi, Itapipoca, Paraipaba, Paracuru,Camocim, Aquiraz, Caucaia, Amontada, Itarema,Cruz,Viçosa do Ceará, Jijoca de Jericoacoara.
Público Alvo
• Profissionais empregados do setor de turismo, formal ou informalmente:
• Meios de Hospedagem: pousadas, hotéis, albergues, camping, flat/apart hotéis;
• Alimentação e bebidas: bares, restaurantes, quiosques, localizados em áreas de interesse turístico.
• Agências de viagens e turismo
Estrutura e Modalidade dos Cursos
• Aperfeiçoamento Profissional (empregados do setor)
• Os cursos são construídos com uma estrutura modular contemplando: um módulo básico introdutório, um módulo específico e um módulo complementar

Cursos e Carga Horária
• Barman, 136
• Mensageiro, 92
• Maitre, 148
• Reparador Polivalente, 140
• Agente de Turismo, 30
• Cozinheiro Função Polivalente, 180
• Camareira ou Arrumadeira, 120
• Motorista de Veículos de Turismo, 54
• Capitão Porteiro, 100
• Cozinheiro Chef, 160
• Garçom em Função Especializada, 220
• Confeiteiro Padeiro, 160
• Gerente de Governança,160
• Aperfeiçoamento para Guia de Turismo, 80
• Garçom Função Polivalente, 260
• Gerente de Meios de Hospedagem, 240
• Recepcionista Função Polivalente, 240

 

IPDC SESC FECOMERCIO